setembro 21, 2009

Ecce Omen

O Lula é um cara bom, é o conjunto que compõe o homem que o estraga:

***

Tem a autoimagem do imperador Commodus...

A segurança de que tudo está dando certo, de Fidel Castro.

A política externa de George Bush.

A consciência moral e as boas intenções de Ted Kennedy .

A capacidade de atrair hostilidade de um ursinho de pelúcia.

O voluntarismo do Che.

A lubricidade sedutora e embriagante de um Sátiro.

A ingenuidade do Kaká.

A franqueza conspiratória de H.G. Wells ou as aspirações do Cérebro (do Pinky e Cérebro).

O sentido de família e de estado do Sarney.

A capacidade de arrependimento do Champinha.

O sentido de comunidade de um imperador Asteca.

A capacidade cognitiva de Raymond Babbitt (Rain Man).

A técnica oratória de um pastor evangélico.

A sinceridade e integridade de Barack Obama.

A desfaçatez e o modus operandi do Coringa (The Joker).

A capacidade retórica de um papagaio (de repetir pelos outros e o que já disse).

O conteúdo de Gilberto Gil .

O corte de cabelo e o penteado de um imperador romano.

O senso de realidade do Barão de Münchhausen.

***

(.)

Nenhum comentário: