fevereiro 15, 2007

Educação Superior, Universal

A razão pela qual o sufrágio universal numa verdadeira democracia demanda um ensino público universal é que a democracia sem a educação produz um eleitorado ignorante e reduz-se a um logro das instruções e processos democráticos. Para evitar esse perigo, o ensino público tem que ser universal em mais do que seu aspecto quantitativo. Tem que ser universal também em seu aspecto qualitativo. Daí, o segundo objetivo do ensino básico – uma preparação adequada ao cumprimento dos deveres e responsabilidades da cidadania”.

*

Mortimer J. Adler, A proposta Paidéia. Editora Universidade de Brasília, p. 30.

Nenhum comentário: