dezembro 20, 2006

Comparações imponderáveis

O rio dos sinos tem sua terceira mortandade de peixes desde o acidente de novembro último; a justiça desportiva, porque não funciona diariamente, de forma sistemática, resolve sempre os casos graves com “medidas exemplares”, prova de incompetência ou má fé; o futuro começa um ano depois do último ano de fracasso, entre outras coisas semelhantes. A inteligência brasileira é uma memória elíptica (gram.), uma negligência esquecida, um esquecimento (!) negligente. É o viés transcendente da verdade, é uma elíptica transcendental, cujo esquecimento a todos redime da consciência de um futuro melhor.


Nenhum comentário: