novembro 19, 2006

Três sinais dos tempos

Dicionários caros, analfabetismo funcional alto e culto à emoção – que se manifesta desde o fenômeno carismático até o uso da emoção como valor de juízo – são três evidências inquietantes que se pôde ver durante a 52ª Ferira do Livro de Porto Alegre. País onde dicionário é coisa de “burro” na alcunha que ele recebe de “amansa burro”, não pode despertar interesse mesmo em ninguém. Parece que o digno é lamentar-se e imprecar contra burgos racionais armado de sentimentos de rancor e absorto – nesse caso, de ab-surdo, “sempre surdo” (sic.).


Nenhum comentário: