novembro 19, 2006

O futuro superabundante

Na expressão “o futuro que virá” parece que se duvida do futuro e, por isto, se dá uma mãozinha a ele afirmando-o de qualquer sorte. Má sorte. É mais uma destas expressões ambientalistas, no pessimismo subliminar que acompanha a questão ambiental. Por isso, nada mais correto que as expressões alternativas ½ Ambiente ou a forma adverbial, Quase-Ambiente. Fábio Konder Comparato, professor titular aposentado da Faculdade de Direito da USP faz um retrato político atual no Jornal da Ciência: Nessas condições, por mais experimentados que sejam os pilotos, o desastre é inevitável. Não existe órgão nenhum, no Estado brasileiro, incumbido de desempenhar as funções vitais de previsão e planejamento”.


Nenhum comentário: